quinta-feira, 20 de agosto de 2009

De Peep Show todo mundo tem um pouco.

Ando cada vez mais conectada com o tipo de comédia conhecida como Sitcom. Diferentemente de comédia Stand up, em que os comediantes fazem sua apresentação diretamente para o público, na Sitcom o formato é outro. A comédia narrada vem das entrelinhas e emerge de situações banais do cotidiano, sejam elas no dia-a-dia no trabalho, com amigos ou até mesmo em casa. Sinceramente, não vejo campo mais rico pra encontrar lapsos de constrangimento, inquietações, desejos, ridicularizações, frustrações e todo o tipo de situaÇÕES que envolvem pessoas normais como eu e você e pontos de vistas completamente diferentes.
E é esse tipo de comédia que vemos nos tão aclamados seriados The Office (Britânico e Americano) e Peep Show (Britânico), por exemplo.

Pois então, voltei a assistir o Peep Show e realmente dá pra arrancar boas risadas. Temo em dizer que na maioria das vezes, entenda-se SEMPRE as situações são de constrangimento. Ou seja, sim, está comprovado que o povo gosta de ver desgraça alheia, seja pra fofocar, pra se deprimir menos ou mais ou como neste caso, para rir.

Além disso, é fácil fácil se identificar com a brilhante dupla protagonista nas muitas situações pregadas.
Eu me identifico bastante com eles e a forma bizarra como eles vêem o mundo, pois muitas vezes me sinto um peixe fora d'agua, vivendo como se estivesse numa platéia assistindo a um filme freak, não pertencendo há este planeta maluco.

Já em outros momentos é o "drama interno" que vem a tona (no caso do seriado esse drama é o cerne da questão) ao mostrar apenas parte de uma realidade onde há o antagonismo entre as ações dos personagens e o que de fato eles estão pensando. Aquela velha história em que o diabo dentro da gente muitas vezes se restringe a atazanar a nossa mente...e enquanto o cara te diz "Bom dia" na verdade pensou e gostaria de dizer: "Bom dia e hoje queria te comer" mas teve a feliz idéia de guardar parte do seu pensamento. O mesmo raciocínio vale para aquele olhar na hora errada, aquela palavra que nunca podia ter sido dita, os equívocos inexplicáveis entre as pessoas que levam a reações de puro instinto o que por sua vez podem se transformar numa grande confusão.


Enfim, para fechar esse assunto trago a tona alguns constrangimentos ou situações corriqueiras que poderiam sim ser roteirizados pelo diretor do Peep Show.
E depois me diga quem já não passou por isso? E se tiver outras lembranças não deixe de comentar.


- Quem nunca soltou um pum num momento de isolamento e foi surpreendido por um colega de trabalho? Constrangimento do tipo: sei o que você fez, mas finjo que nada aconteceu.

- Quem nunca se constrangeu com aquela amiga que pensa que tá abalando na festa dançando a lá tigresa e na verdade tá pagando o maior mico?

- Quem nunca fingiu que dorme enquanto um velhinho quer sentar num bus ou metro?

- Quem nunca ouviu uma história entediante sem prestar atenção e depois na hora de retomar o assunto ficou meio sem jeito?

- Quem nunca teve um chefe completamente fora da casinha a la Ricky Gervais do The Office?

- Quem nunca agradeceu feliz da vida um presente horroroso que a tia fez com tanto carinho?

- Quem nunca sentiu vergonha e constrangimento por alguém?

Agora uma coisa é certa: vamos combinar que ter muita vergonha é coisa de adolescente e viver a vida bem vivida é pagar muuitos micos...
E que lembranças boas temos dos micos que pagamos, não? Mas isso é papo pra outra hora..

2 comentários:

Gis disse...

Oi, Lua. Só passar pra deixar um beijinho e confessar minha cota de constrangimento. hehe Quem já não foi pego futricando no nariz? os que tem rinite alérgica que se manifestem. rsrs Bjos!

Magali disse...

Oi, Lua!
Adorei a dica do Peep Show. Nunca assisti nenhum desses seriados, mas, pelo que você já deve ter percebido, adoro ficar pensando sobre as inquietações, os desejos e frustrações da vida real. Também tenho a sensação de não pertencer a esse planeta, maluco... Só falta a melancia para eu me esconder! rs
Seja bem-vinda na cozinha da Maga, volte sempre para levar um pouco de sal e pimenta ;-)
Bjs!